Prodivus reagiu ao reconhecimento de Shevchenko como chefe da FBU

prodivus-reagerade-pa-erkannandet-av-shevchenko-som-chef-for-fbu-jpg

Ex-presidente da Federação de Boxe da Ucrânia Vladimir Prodivus
reagiu ao facto de o Ministério da Justiça ter introduzido Kirill Shevchenko para o registro do estado como o novo chefe da organização pública totalmente ucraniana “Federação de Boxe da Ucrânia”.

Ele escreveu que “entende para onde tudo está indo”.

“Não, eu não desisti do cargo de presidente da FBU, mas, obviamente, a divisão da FBU é mais lucrativa para os funcionários e o registrador do que o desenvolvimento real de nossa federação”, disse Prodivus.

Ele afirmou que não concordava com as ações do registrador e “gostaria de entender em que base foram feitas as mudanças no registro”.

“Os advogados cuidarão disso”, resumiu Prodivus e resumiu com a garantia de que “eu era e continuo sendo um patriota da Ucrânia”.

Rússia precisa da Ucrânia, mas sem ucranianos – Wladimir Klitschko

O ex-técnico da seleção ucraniana de boxe, Sosnovsky, chamou Prodivus de “impostor” e “colaborador russo”. Prodivus respondeu a Sosnovsky, mas não disse nada sobre o “traidor” e o “colaborador”.

O ex-chefe da FBU diz que não votou no russo na IBA do Kremlin, mas também não houve eleições: um circo no congresso de boxe.

Para não perder as novidades mais interessantes do mundo do boxe e do MMA, inscreva-se em
Facebook e
notícias do Google.

Rating