Fury não vai desistir de seu cinturão WBC. Joshua e Usyk são “dois otários lutando” por ele

fury-kommer-inte-att-ge-upp-sitt-wbc-balte-joshua-och-jpg

O britânico “aposentado” Tyson Fury (32-0-1, 23 KOs) não vai desistir do título mundial WBC em um futuro próximo, indicando claramente que ele continuará a caixa, embora agora ele ainda está vagando.

“Não, não vou desistir porque tenho 12 meses. Vou segurá-lo o maior tempo possível”, disse Tyson. “Vou segurá-lo pelo tempo que eu quiser… não atrapalhe o movimento da divisão porque ele realmente me pertence. Esta é a minha divisão.”

Com quem e quando Tyson pode entrar em uma luta real, e não de exibição, por enquanto – com um forcado na água. Mas Fury certamente ficará tentado a lutar pelo status de campeão mundial indiscutível. E para isso, ele precisa enfrentar o vencedor da revanche entre Oleksandr Usyk (19-0, 13 KOs) e Anthony Joshua (24-2, 22 KOs), que será determinado no final do verão.

Fury deu o sinal verde para lutar contra Usyk

Fury não se importa com nenhum deles.

“A bolha de Anthony estourou, batendo nele duas vezes. Então ele não é mais virgem. Ele foi espancado por um homem gordo com um aviso prévio de três semanas e um peso médio. Usyk é um peso médio que subiu aqui. Não estou nem um pouco interessado”, disse Tyson.

Fury, mais do que nunca, atacou os concorrentes pela simpatia dos fãs, dizendo que não iria para uma revanche entre Usyk e Joshua “mesmo que isso acontecesse em Morekeme (Cidade natal de Tyson, – ed.). Dois otários estão lutando entre si.”

Tyson acredita que Joshua teve a chance de vencer Usyk, mas estragou tudo.

Para não perder as novidades mais interessantes do mundo do boxe e do MMA, inscreva-se em
Facebook e
notícias do Google.

Rating